No caminho da fúria...

09/09/2019 10h54

No caminho da fúria....
Pelo caminho tinham casas, pessoas e vida
Pelo caminho, minha fúria nunca a toa
A minha chuva é temporal e não garoa
E a trajetória pouco é desconhecida...

Percorro o mundo atrás da terra prometida
Para que veja livre o vendaval que escoa
Do céu azul de cima ao clima que abençoa
Para limpar a atmosfera homicida...

Eu me consterno vendo o que ficou pra trás,
Mas vejo no egoísmo, orgulho contumaz
Que na inteligência andrajos veste em si...

Eu sou veloz em meu cavalo alado e forte
Não tenho intenção se ser a mão da morte,
Só gostaria, ter caminho livre aqui...



Pelo caminho tinham casas, pessoas e vida
Pelo caminho, minha fúria nunca a toa
A minha chuva é temporal e não garoa
E a trajetória pouco é desconhecida...

Percorro o mundo atrás da terra prometida
Para que veja livre o vendaval que escoa
Do céu azul de cima ao clima que abençoa
Para limpar a atmosfera homicida...

Eu me consterno vendo o que ficou pra trás,
Mas vejo no egoísmo, orgulho contumaz
Que na inteligência andrajos veste em si...

Eu sou veloz em meu cavalo alado e forte
Não tenho intenção se ser a mão da morte,
Só gostaria, ter caminho livre aqui...




Fonte André Luiz Pinheiro

Tópicos: caminho, fúria, veloz