Veloz, Vasco vence e deixa Corinthians mais longe da liderança

14/10/2010 00h13


Fonte Terra

Em partida atrasada da 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Vasco foi superior ao Corinthians em São Januário e venceu por 2 a 0, nesta quarta-feira, com gols dos atacantes Zé Roberto e Éder Luís. Além da ótima exibição do meia Felipe, o time carioca abusou das jogadas de velocidade com a dupla de frente e complicou a vida dos paulistas, que tiveram pouquíssimas chances de gol e ficaram mais distantes da ponta da tabela.

Com o resultado, a equipe do Parque São Jorge - que não vence há seis rodadas - estacionou nos 49 pontos, e agora vê o líder Cruzeiro cinco pontos à frente. Em segundo aparece o Fluminense, que tem 52. Já o Vasco alcançou a marca de 41 pontos e subiu da 12ª para a 11ª posição.

O time da casa começou o jogo melhor, apostando na rapidez de Zé Roberto e Éder Luís na frente. Aos 8min, Felipe fez belo passe para Zé Roberto, em posição irregular, mas o camisa 10 isolou por cima da meta, frente a frente com Júlio César. No minuto seguinte, um lance semelhante resultou em gol: Carlinhos levantou da esquerda e Zé Roberto, novamente impedido, correu nas costas de Roberto Carlos, finalizou de curta distância e abriu o placar.

Sem Bruno César, lesionado, o Corinthians sofria para criar jogadas. Com Iarley aberto pela direita, Elias no meio, Danilo pela esquerda e Souza à frente, a equipe errava passes sucessivos e não ameaçava os vascaínos. A melhor chance veio aos 18min: Danilo ergueu a bola na segunda trave e Iarley desviou para fora, perdendo oportunidade incrível.

Aproveitando a lentidão da defesa paulista, que insistia em jogar avançada, o Vasco ampliou aos 21min. Felipe deu passe preciso para Éder Luís nas costas de Alessandro; o atacante dominou, invadiu a área e bateu com categoria na saída de Júlio César, fazendo 2 a 0.

Totalmente perdida na armação, a equipe corintiana ainda passava por dificuldades com os contra-ataques rápidos dos anfitriões. Aos 27min, Zé Roberto foi novamente lançado em profundidade, driblou o goleiro e, sem ângulo, perdeu a conclusão. Os vascaínos continuavam encontrando espaços atrás da linha defensiva adversária.

A última chegada do primeiro tempo foi do Corinthians, na bola parada. Chicão bateu falta da entrada da área aos 39min, a bola desviou na barreira e saiu, assustando Fernando Prass. As equipes voltaram do intervalo sem alterações.

O padrão do jogo na segunda etapa não mudou: os paulistas não conseguiam articular jogadas perigosas, e os cariocas apostavam nas bolas na corrida para Éder Luís e Zé Roberto. O técnico interino Fábio Carille tentou mudar a situação colocando Defederico no lugar de Souza, deslocando Iarley para o comando de ataque, mas o time paulista continuou insistindo pelo meio, onde a marcação do Vasco era mais forte.

Com o Corinthians apático e o time da casa só administrando a vantagem, a partida ficou sem chances claras de gol. A última cartada dos visitantes foi a entrada do garoto William Morais no lugar de Elias, mas a equipe continuou travada na hora de atacar.

Os corintianos ensaiaram uma pressão nos minutos finais, mas a melhor tentativa - um chute forte de Jucilei aos 35min - parou em ótima defesa de Fernando Prass. Sem inspiração, a equipe visitante não conseguiu furar a resistência do Vasco e o placar não foi mais alterado.

FICHA TÉCNICA

Vasco 2 x 0 Corinthians

Gols
Vasco: Zé Roberto, aos 9min, e Éder Luís, aos 21min do 1º tempo

Ponto Forte do Vasco
Marcou bem no centro do campo com três volantes e explorou a velocidade de Éder Luís e Zé Roberto nos contra-ataques

Ponto Forte do Corinthians
Jogou muito mal, mas tentou pressionar na base da vontade nos minutos finais

Ponto Fraco do Vasco
Foi recuando no decorrer do segundo tempo e parou de criar chances de gol

Ponto Fraco do Corinthians
Mostrou falta de criatividade na frente, com muitos passes errados, e insegurança na defesa, que jogou muito adiantada

Personagem do jogo
Éder Luís, que manteve a boa fase com muita movimentação e um gol marcado

Lance polêmico
Zé Roberto estava impedido ao receber o passe de Carlinhos na jogada do primeiro gol vascaíno

Lance bizarro
Souza tropeçou e caiu sozinho ao receber passe de Roberto Carlos aos 9min do 2º tempo

Esquema Tático do Vasco
4-3-1-2
Fernando Prass; Irrazábal, Cesinha, Dedé e Carlinhos (Renato Augusto); Rafael Carioca, Jumar e Fellipe Bastos (Allan); Felipe; Zé Roberto (Jonathan) e Éder Luís. Técnico: Paulo César Gusmão

Esquema Tático do Corinthians
4-2-3-1
Júlio César; Alessandro (Boquita), Chicão, William e Roberto Carlos; Jucilei e Paulinho; Iarley, Elias (William Morais) e Danilo; Souza (Defederico). Técnico: Fábio Carille

Cartões amarelos
Vasco: Jumar
Corinthians: William, Paulinho, Boquita e Jucilei

Árbitro
Sandro Meira Ricci (DF)

Local
Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)