Golpe dos precatórios: estelionatários estariam ligando de presídio do Ceará

20/01/2020 16h49


Fonte 180 graus

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, informou que a Polícia Civil já conseguiu identificar de onde estão partindo os telefonemas de estelionatários que tentam aplicar golpe em credores de precatórios no estado.

— A Polícia Civil já abriu inquérito policial, o delegado Matheus Zanatta esteve comigo, e as primeiras investigações apontam que (as ligações) vêm do presídio da cidade de Maracanaú (Ceará) — disse o desembargador à imprensa, nesta segunda-feira (20), durante a abertura do Ano Judiciário.

A tentativa de golpe foi denunciada ao TJ ainda na semana passada, quando uma nota pública foi divulgada alertando os credores.

Nas ligações, os golpistas estariam solicitando a realização de depósitos bancários para que os valores referentes aos precatórios sejam liberados.

— Estão telefonando para os credores oferecendo vantagens, e nós colocamos uma nota pública. Quem tem crédito a receber, de precatórios, não tem que pagar absolutamente nada. Não tem pagamento de custas e não tem antecipação. Aguarde a sua vez na fila, que a fila é rigorosa — alerta o presidente.

Além disso, toda comunicação à respeito de precatórios é feita, explica o TJ, via intimação judicial.

Sobre os precatórios

Precatório é o reconhecimento judicial de uma dívida que o ente público tem com o autor da ação, seja ele pessoa física ou jurídica. O TJ-PI é o responsável por gerenciar a “cobrança” do ente devedor, de modo que seja garantida a exatidão do crédito e a ordem de pagamento.

O TJ disponibilizou ainda os contatos da Coordenadoria de Precatórios, seja pelo telefone (86) 32214877 ou pelo endereço eletrônico www.tjpi.jus.br/portaltjpi/precatorio/. Tal coordenadoria fica localizada no subsolo do Palácio da Justiça, no endereço Praça Edgard Nogueira, S/N, Centro Cívico, Teresina.

Veja mais notícias sobre Geral, clique em florianonews.com/geral

Tópicos: seja, credores, precatórios