Vereador do Maranhão é preso com Hilux roubada

12/06/2019 08h16

Vereador do Maranhão é preso com Hilux roubada.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarVereador do Maranhão é preso com Hilux roubada.(Imagem:Divulgação)

O vereador de Codó, Leonel Filho (PODEMOS), foi flagrado conduzindo um carro registro de roubo em São Paulo. A Polícia Civil foi acionada e disse que o veículo vai passar por vistoria para que as outras medidas sejam tomadas.

O vereador disse que comprou o veículo por R$ 85 mil, sendo que foram R$ 4 mil em espécie e os outros R$ 81 mil por meio de transferência bancária. Leonel disse que tem toda documentação necessária para comprovar a versão.

De acordo com o vereador, a transferência do veículo foi registrado em cartório e também no DETRAN de Brasília.

“Não sei se isso aí foi um golpe, eu não sei o que tá acontecendo. O pessoal do DETRAN também não soube me informar. Eu acredito que a gente agiu na melhor boa-fé do mundo, se houve um problema eu tenho certeza não foi de minha parte. Consciência limpa que não foi de minha parte”, contou Leonel.

O delegado que está investigando o caso é Rômulo Vasconcelos. Ele disse que o primeiro procedimento é fazer uma perícia na caminhonete para comprovar a situação de roubo.


Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarVereador do Maranhão é preso com Hilux roubada.(Imagem:Divulgação)

O vereador de Codó, Leonel Filho (PODEMOS), foi flagrado conduzindo um carro registro de roubo em São Paulo. A Polícia Civil foi acionada e disse que o veículo vai passar por vistoria para que as outras medidas sejam tomadas.

O vereador disse que comprou o veículo por R$ 85 mil, sendo que foram R$ 4 mil em espécie e os outros R$ 81 mil por meio de transferência bancária. Leonel disse que tem toda documentação necessária para comprovar a versão.

De acordo com o vereador, a transferência do veículo foi registrado em cartório e também no DETRAN de Brasília.

“Não sei se isso aí foi um golpe, eu não sei o que tá acontecendo. O pessoal do DETRAN também não soube me informar. Eu acredito que a gente agiu na melhor boa-fé do mundo, se houve um problema eu tenho certeza não foi de minha parte. Consciência limpa que não foi de minha parte”, contou Leonel.

O delegado que está investigando o caso é Rômulo Vasconcelos. Ele disse que o primeiro procedimento é fazer uma perícia na caminhonete para comprovar a situação de roubo.



Fonte G1

Veja mais notícias sobre Geral, clique em florianonews.com/geral