Adapi lançará sistema automatizado de gestão agropecuária

11/09/2019 09h12

Adapi lançará sistema automatizado de gestão agropecuária.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarAdapi lançará sistema automatizado de gestão agropecuária.(Imagem:Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa da Agropecuária do Piauí (Adapi), lançará, nesta quinta-feira (12), seu Sistema Integrado de Gestão Agropecuária, o Sigadapi. A solenidade acontecerá no Palácio de Karnak, às 9h, com a presença do governador Wellington Dias e do diretor do órgão, José Genilson Sobrinho.

Trata-se de uma potente ferramenta de modernização e inovação tecnológica para a defesa agropecuária piauiense, possível graças a um contrato celebrado ainda em 2018 com a empresa Intelit Processos Inteligentes LTDA, que inclui o desenvolvimento do sistema; fornecimento de licença de uso; implantação e migração de dados; manutenção e suporte técnico, bem como a capacitação e treinamento de usuários.

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária Animal, Idílio Moura, a primeira etapa para a utilização do sistema foi cadastrar os produtores, as propriedades e os rebanhos. “No dia 1º de maio de 2019, o Sigadapi foi instalado e disponibilizado para os servidores da Adapi. Nesta primeira etapa, o sistema foi preparado para o cadastramento de produtores, propriedades, estabelecimentos e rebanhos, juntamente com as declarações de vacinação contra Febre Aftosa e Brucelose”, afirmou.

Depois de lançado, o sistema permitirá a gestão agropecuária pelos produtores e proprietários de estabelecimentos do setor, por meio da tecnologia e inovação, melhorar a organização de todos os processos, como explica o diretor, Genilson Sobrinho. “Em sua plenitude, o sistema permitirá a defesa animal, no âmbito do controle de doenças e vacinações, além da emissão de documentos de trânsito animal (GTA, DTA); gerência administrativa e financeira; inspeção de produtos de origem animal; defesa vegetal, com a emissão de documentos de trânsito, cadastro de produtores, propriedades, estabelecimentos comerciais, unidades de consolidação e culturas”.

Assim, com a implantação do Sigadapi, o Governo do Estado do Piauí, por intermédio da Adapi, moderniza e agiliza seus serviços de defesa agropecuária e facilita o acesso aos serviços pelo produtor rural, tornando os produtos mais seguros, competitivos e de qualidade, contribuindo de forma decisiva para o crescimento do PIB piauiense, para o desenvolvimento socioeconômico ambiental e para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.
Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarAdapi lançará sistema automatizado de gestão agropecuária.(Imagem:Divulgação)

O Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa da Agropecuária do Piauí (Adapi), lançará, nesta quinta-feira (12), seu Sistema Integrado de Gestão Agropecuária, o Sigadapi. A solenidade acontecerá no Palácio de Karnak, às 9h, com a presença do governador Wellington Dias e do diretor do órgão, José Genilson Sobrinho.

Trata-se de uma potente ferramenta de modernização e inovação tecnológica para a defesa agropecuária piauiense, possível graças a um contrato celebrado ainda em 2018 com a empresa Intelit Processos Inteligentes LTDA, que inclui o desenvolvimento do sistema; fornecimento de licença de uso; implantação e migração de dados; manutenção e suporte técnico, bem como a capacitação e treinamento de usuários.

De acordo com o gerente de Defesa Sanitária Animal, Idílio Moura, a primeira etapa para a utilização do sistema foi cadastrar os produtores, as propriedades e os rebanhos. “No dia 1º de maio de 2019, o Sigadapi foi instalado e disponibilizado para os servidores da Adapi. Nesta primeira etapa, o sistema foi preparado para o cadastramento de produtores, propriedades, estabelecimentos e rebanhos, juntamente com as declarações de vacinação contra Febre Aftosa e Brucelose”, afirmou.

Depois de lançado, o sistema permitirá a gestão agropecuária pelos produtores e proprietários de estabelecimentos do setor, por meio da tecnologia e inovação, melhorar a organização de todos os processos, como explica o diretor, Genilson Sobrinho. “Em sua plenitude, o sistema permitirá a defesa animal, no âmbito do controle de doenças e vacinações, além da emissão de documentos de trânsito animal (GTA, DTA); gerência administrativa e financeira; inspeção de produtos de origem animal; defesa vegetal, com a emissão de documentos de trânsito, cadastro de produtores, propriedades, estabelecimentos comerciais, unidades de consolidação e culturas”.

Assim, com a implantação do Sigadapi, o Governo do Estado do Piauí, por intermédio da Adapi, moderniza e agiliza seus serviços de defesa agropecuária e facilita o acesso aos serviços pelo produtor rural, tornando os produtos mais seguros, competitivos e de qualidade, contribuindo de forma decisiva para o crescimento do PIB piauiense, para o desenvolvimento socioeconômico ambiental e para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Fonte Cidadeverde.com

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook