Sete vereadores acrescentam "Lula" a nome parlamentar em painel da CMT

12/04/2018 08h10


Fonte Cidadeverde.com

Imagem: DivulgaçãoClique para ampliarSete vereadores acrescentam

No painel de votação da Câmara Municipal de Teresina na terça-feira (11), algo chamou a atenção e gerou polêmica. Ao nome parlamentar de sete vereadores foi acrescentado o nome Lula ou Lula da Silva, ex-presidente do PT condenado e preso no último sábado por corrupção e lavagem de dinheiro.

Cida Santiago (PHS), Deolindo Moura (PHS), Edilberto Borges (PT), Enzo Samuel (PCdoB), Gustavo Gayoso (PTC), Jeová Alencar (PSDB) e Zé Nito (MDB) entraram com um requerimento que foi aprovado para que pudessem alterar os seus nomes hoje e amanhã, de acordo com o presidente da Casa, Jeová Alencar (PSDB).

A manifestação, conforme o presidente, foi a forma encontrada pelos parlamentares para se manifestarem de maneira política sobre uma injustiça que acreditam que estejam sendo feita com o ex-presidente.

“É uma manifestação pessoal que está acontecendo a nível nacional. Parlamentares da várias casas onde existem painéis entraram com solicitação para que se acrescentasse o nome Lula junto ao nome do parlamentar. Foi uma maneira que a gente encontrou de se manifestar e repudiar, na minha interpretação, a maneira precipitada como o presidente foi preso, por um decsão decisão política e midiática. É uma forma de demonstrar indignação com o julgamento e prisão dele, no meu caso”,
disse.

Jeová informou que a alteração no nome dos parlamentares será feita amanhã também e que a possibilidade de mudança no nome parlamentar é prevista no regimento interno da CMT e basta que o vereador apresente um requerimento para que seja feita. Jeová disse que qualquer outro vereador pode solicitar que o nome de outro candidato seja adicionado ao referente nome.

Ele citou o caso do vereador Luís André (PSL), que se manifestou afirmando que gostaria de acrescentar ao seu nome o de Marina Silva (Rede), pré-candidata à presidência. “Não teria problema nenhum, ele pode, se quiser. Se qualquer vereador achar e quiser fazer, ele também pode. É só entrar com o requerimento, Só não será aprovado, acredito, se for para um campo político de afrontamento”.

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook