Venezuelanos: universidade realiza evento sobre refugiados indígenas

11/09/2019 09h07

Venezuelanos: universidade realiza evento sobre refugiados indígenas.
Imagem: Cidadeverde.comVenezuelanos: universidade realiza evento sobre refugiados indígenas.(Imagem:Cidadeverde.com)

Os imigrantes venezuelanos estão participando do Seminário Indígenas Warao: Direitos e Práticas de Acolhimento e Proteção. O evento segue até o dia 13 de setembro e tem como objetivo refletir sobre a situação dos refugiados que estão residindo em Teresina.

A coordenadora geral do evento, professora Carmen Lúcia Silva Lima, destacou que o encontro vai estimular uma discussão aberta sobre a situação dos refugiados e desfazer manifestações preconceituosas por parte da sociedade brasileira.

O coordenador do abrigo do CSU do bairro Buenos Aires, Charles Oliveira, explica que o objetivo do evento é mostrar à população um pouco mais sobre a cultura dos imigrantes.

“Estamos apresentando à sociedade o comportamento sociocultural deles. Eles saíram de um local de delta onde realizavam a pesca, caça e buscavam frutas na floresta. É interessante entender o impacto dessa mudança com a realidade urbana de outro país que eles tiveram que se submeter. Neste Seminário, teremos a oportunidade de ouvi-los e conhecer um pouco da cultura deles através do material que eles aproveitam dentro do abrigo” disse o coordenador.

“O debate quer desfazer essas ideias equivocadas e manifestações preconceituosas contra os venezuelanos. Eles desejam falar de sua cultura e identidade, dos motivos da migração e dos problemas que enfrentam no momento”,
afirma.

O debate acontece no auditório Noé Mendes do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da Universidade Federal do Piauí.

Imagem: Cidadeverde.comVenezuelanos: universidade realiza evento sobre refugiados indígenas.(Imagem:Cidadeverde.com)

Os imigrantes venezuelanos estão participando do Seminário Indígenas Warao: Direitos e Práticas de Acolhimento e Proteção. O evento segue até o dia 13 de setembro e tem como objetivo refletir sobre a situação dos refugiados que estão residindo em Teresina.

A coordenadora geral do evento, professora Carmen Lúcia Silva Lima, destacou que o encontro vai estimular uma discussão aberta sobre a situação dos refugiados e desfazer manifestações preconceituosas por parte da sociedade brasileira.

O coordenador do abrigo do CSU do bairro Buenos Aires, Charles Oliveira, explica que o objetivo do evento é mostrar à população um pouco mais sobre a cultura dos imigrantes.

“Estamos apresentando à sociedade o comportamento sociocultural deles. Eles saíram de um local de delta onde realizavam a pesca, caça e buscavam frutas na floresta. É interessante entender o impacto dessa mudança com a realidade urbana de outro país que eles tiveram que se submeter. Neste Seminário, teremos a oportunidade de ouvi-los e conhecer um pouco da cultura deles através do material que eles aproveitam dentro do abrigo” disse o coordenador.

“O debate quer desfazer essas ideias equivocadas e manifestações preconceituosas contra os venezuelanos. Eles desejam falar de sua cultura e identidade, dos motivos da migração e dos problemas que enfrentam no momento”,
afirma.

O debate acontece no auditório Noé Mendes do Centro de Ciências Humanas e Letras (CCHL) da Universidade Federal do Piauí.


Fonte Cidadeverde.com

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook