Após manobra da oposição, governador faz apelo à Assembleia Legislativa

18/09/2019 15h14

Após manobra da oposição, governador faz apelo à Assembleia Legislativa.
Imagem: Lídia Brito/Cidadeverde.comApós manobra da oposição, governador faz apelo à Assembleia Legislativa.(Imagem:Lídia Brito/Cidadeverde.com)

O secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), foi à Assembleia Legislativa do Estado levar um apelo do governador. Depois da oposição conseguir barrar a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o governador pede celeridade.

Osmar Júnior explica quer o governo tem pressa para iniciar as negociações com as instituições financeiras. Ele lembra que já se encontra perto do fim do ano financeiro de 2019.

"O apelo do governador é no sentido de que é uma matéria objetiva, não precisa interpretação, é só examinar os fatos. O governo tem urgência de iniciar a discussão com os órgãos financiadores. Estamos indo para o final do ano fiscal de 2019. Ele pede que a Assembleia possa agir com celeridade. Com a aprovação, o governo iniciará as tratativas com os órgãos financeiros", disse Osmar.

Para o secretário de governo, não faz sentido os questionamentos da capacidade de empréstimo do Banco Brasil Plural. A instituição financeira irá emprestar R $ 1,5 bilhão para obras de infraestrutura e R$ 1,2 bilhão para pagamentos de dúvidas.

"Fiquei surpreso. Em uma relação de crédito quem oferece garantias é quem recebe o dinheiro. Os bancos trabalham com fundos de investimentos. São poucos bancos que têm capital próprio. Se o Banco confia no Piauí porque vamos desconfiar do banco?",
questionou.

O presisente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themistocles Filho (MDB), afirma que a Casa vai atender ao pedido do governo. Ele acredita que a matéria possa ir para plenário na próxima semana.

"Esse dinheiro vai para infraestrutura. Temos mais de 5 mil km de estradas para serem recuperadas. Não queremos a recuperação? Claro que sim. Na próxima semana vamos aprovar essa matéria",
disse.

Imagem: Lídia Brito/Cidadeverde.comApós manobra da oposição, governador faz apelo à Assembleia Legislativa.(Imagem:Lídia Brito/Cidadeverde.com)

O secretário de Governo, Osmar Júnior (PCdoB), foi à Assembleia Legislativa do Estado levar um apelo do governador. Depois da oposição conseguir barrar a votação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o governador pede celeridade.

Osmar Júnior explica quer o governo tem pressa para iniciar as negociações com as instituições financeiras. Ele lembra que já se encontra perto do fim do ano financeiro de 2019.

"O apelo do governador é no sentido de que é uma matéria objetiva, não precisa interpretação, é só examinar os fatos. O governo tem urgência de iniciar a discussão com os órgãos financiadores. Estamos indo para o final do ano fiscal de 2019. Ele pede que a Assembleia possa agir com celeridade. Com a aprovação, o governo iniciará as tratativas com os órgãos financeiros", disse Osmar.

Para o secretário de governo, não faz sentido os questionamentos da capacidade de empréstimo do Banco Brasil Plural. A instituição financeira irá emprestar R $ 1,5 bilhão para obras de infraestrutura e R$ 1,2 bilhão para pagamentos de dúvidas.

"Fiquei surpreso. Em uma relação de crédito quem oferece garantias é quem recebe o dinheiro. Os bancos trabalham com fundos de investimentos. São poucos bancos que têm capital próprio. Se o Banco confia no Piauí porque vamos desconfiar do banco?",
questionou.

O presisente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themistocles Filho (MDB), afirma que a Casa vai atender ao pedido do governo. Ele acredita que a matéria possa ir para plenário na próxima semana.

"Esse dinheiro vai para infraestrutura. Temos mais de 5 mil km de estradas para serem recuperadas. Não queremos a recuperação? Claro que sim. Na próxima semana vamos aprovar essa matéria",
disse.


Fonte Cidadeverde.com

Para ler mais notícias do FlorianoNews, clique em florianonews.com/noticias. Siga também o FlorianoNews no Twitter e no Facebook